quarta-feira, 22 de setembro de 2010

INTRODUÇÃO

Os aditivos alimentares são substâncias utilizadas para conservar e melhorar a qualidade dos alimentos e sempre estiveram presentes nos mesmos, já que mesmo sem consciência científica, nossos antepassados já utilizavam algum deles, como o sal para conservação de carnes e peixes, as ervas que utilizavam como temperos para melhorar o sabor, entre outros. Com o passar do tempo, os aditivos vem sendo cada vez mais empregados, já que a ciência vem descobrindo novas funções que podem ser empregadas de acordo com as necessidades.

A origem dos aditivos pode ser natural (direto da matéria prima) ou artificial (produzida sinteticamente pelo homem). A utilização de aditivos artificiais é muito maior, já que são mais baratos, mais puros e pussuem melhor qualidade.

Se não fossem os aditivos alimentares, muitos produtos consumidos no mundo moderno não existiriam, já que necessitam de substâncias que os conservem, melhorem suas aparências e sabores, etc. Alguns desses produtos são: salgadinhos (os embalados), produtos light, de baixa caloria, fast-food e muitos outros. Porém, alguns aditivos não apresentam somente benefícios, logo, passam por uma rigorosa fiscalização, a qual faz controle de quantidade – já que alguns aditivos só podem ser utilizados em quantidades pré-definidas federalmente – e também abole os mais prejudiciais.

Eles podem ser divididos em intencionais ou acidentais, e como já sugerem os nomes, os intencionais são inseridos propositalmente e os incidentais aparecem no alimento sem intenção, como os resíduos de agrotóxicos nos vegetais. Para definir aditivos alimentares intencionais, informalmente, pode-se dizer que é qualquer substância adicionada a qualquer produto alimentício, mas legalmente, deve-se dizer que é qualquer substância adicionada a alimentos para mudar sua característica natural propositalmente.

Os aditivos são classificados em 15 categorias, sendo elas:

- acidulantes

- antioxidantes

- antiumectantes
- umectantes

- aromatizantes

- conservadores

- corantes

- espessantes

- estabilizantes

- edulcorantes

- geleificantes

- sequestrantes

- espumíferos e antiespumíferos

- agentes de firmeza

- reguladores de acidez

Este blog estará dedicado apenas aos edulcorantes intensos, aos umectantes e aos antiumectantes.

3 comentários:

  1. Gostei do assunto tratado em teu blog. Muito interessante! Todos precisamos nos informarmos melhor sobre os aditivos utilizados nos alimentos. É de suma importância o tema em destaque. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Nao sei como faço a introduçao alguem poderia me ajudar

    ResponderExcluir